Novo Basquete Brasil 2014/2015 – Rodada 28

Após abrir boa vantagem ainda no primeiro quarto, o Mogi das Cruzes/Helbor contou com mais uma ótima atuação de Shamell para frear todas as tentativas de reação do Paulistano/Unimed e vencer. Nesta quinta-feira (19/03/2015), ao lado de sua torcida, no Ginásio Professor Hugo Ramos, a equipe do técnico Paco García bateu o clube da capital paulista, por 88 a 77, deu sequência a seu bom momento no NBB 7 e chegou a seu 12º triunfo nos últimos 13 jogos disputados.

Depois de assumir o posto de maior cestinha da história do NBB na última rodada, Shamell voltou a ter boa atuação e foi o grande destaque da vitória mogiana, com 26 pontos. O norte-americano também é o maior pontuador da temporada, com média de 21,5 pontos por jogo.

Quem também se destacou pelo lado mogiano foi o ala/pivô norte-americano Tyrone Curnell, com 11 pontos, além do armador Gustavinho, também com 11 tentos, e o pivô Paulão Prestes, autor de dez pontos e sete rebotes.

NBB 2014/2015
Thomas Gehrke, do Mogi das Cruzes, e Renato, do Paulistano. Foto: Cleomar Macedo/ Divulgação

Após o triunfo sobre o Paulistano, a equipe comandada pelo técnico Paco Garcia chegou aos 45 pontos ganhos, com campanha de 19 vitórias em 26 partidas (73,0% de aproveitamento). Mogi se manteve no G-4, com a terceira colocação isolada da tabela do NBB 7, e depende apenas de si para passar direto as quartas de final.

O Paulistano, que contou com boas atuações do armador norte-americano Kenny Dawkins e o ala pivô César, ambos com 14 pontos anotados, continua na sexta colocação, mesmo com a derrota, com 43 pontos ganhos e campanha de 15 vitórias em 28 partidas (53,6% de aproveitamento).

O jogo

A equipe mogiana usufruiu do aproveitamento abaixo de 20% nos arremessos do Paulistano para já tomar a liderança do placar na primeira metade do período inicial da partida (11 a 5). Já na segunda metade, o Mogi começou a pecar em seus arremessos, principalmente para 3 pontos, e o Paulistano encostou no placar. Mas aí apareceu Shamell. Com nove pontos seguidos do ala, o Mogi freou a reação do Paulistano e fechou o primeiro quarto com 11 pontos de vantagem (20 a 9).

Mogi começou o período com cinco pontos seguidos e aumentou a vantagem para 16 pontos no placar. Porém a equipe do Alto do Tietê não conseguiu dar sequência ao bom início, começou a cometer diversos erros ofensivos e o Paulistano, com bom desempenho do trio Pilar, Pedro e Jeff Agba, conseguiu vencer o período (19 a 16). Mesmo assim, os donos da casa foram para os vestiários liderando o placar (36 a 28).

Com mais uma grande exibição nos primeiros minutos, Mogi começou a primeira metade do terceiro quarto com tudo e conseguiu abrir novamente grande vantagem no marcador (46 a 31). A equipe comandada pelo técnico Gustavo De Conti conseguiu mais uma vez se acalmar, começar uma boa produção ofensiva e até conseguiu seu melhor período em pontos até então (23 pontos). Entretanto, a equipe mogiana também conseguiu seu melhor desempenho ofensivo (27 pontos) e foi para o período derradeiro da partida com 12 pontos de vantagem (63 a 51).

Aproveitando mais um período com muitos erros ofensivos do Mogi, o Paulistano conseguiu mais um grande desempenho ofensivo e chegou a até vencer o último período (26 a 25). Porém os anfitriões empurrados por sua torcida não abaixaram o ritmo nenhum segundo e com boa atuação de Shamell, Jimmy e Elinho, donos de 17 dos 25 pontos do Mogi no último quarto, confirmaram o triunfo com tranquilidade.

Outros resultados da 28ª Rodada:

Basquete Cearense 63 x 89 Flamengo
São José 91 x 72 Liga Sorocabana
Brasília 80 x 77 Macaé Basquete

Próxima Rodada:

25/03/2015 (quarta-feira) às 20h00 (transmissão ao vivo no site da LNB)
Flamengo x Mogi das Cruzes (24ª Rodada)
Ginásio Tijuca Tênis Clube – Rio de Janeiro (RJ)

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios