Prefeitura recebe imóvel da Rua Francisco Franco e transformará em estrutura de serviços

O prefeito Marco Bertaiolli participou, na manhã desta sexta-feira (12/12/2014), da assinatura da escritura de transferência do imóvel que pertencia à Universidade Braz Cubas localizado na Rua Francisco Franco, no Centro, para a Administração Municipal. O local, que tem 7.477 metros quadrados de área edificada, deverá receber uma estrutura para atendimento da população.

A transferência do prédio para a Administração Municipal foi negociada durante o Plano de Parcelamento de Débitos (PPD), desenvolvido pela Prefeitura de Mogi das Cruzes durante este ano. Para que o procedimento fosse realizado, a Câmara Municipal também analisou e aprovou o acordo.

Este prédio representa mais de 40 anos de formandos que passaram pelos bancos acadêmicos. Agora, tornando-se um prédio público, será mantida sua história, de um imóvel tão importante”, lembrou Bertaiolli, ao lado do vice-prefeito José Antonio Cuco Pereira, vereadores e representantes da universidade.

O prédio foi construído no final da década de 60 e constituiu-se no primeiro campus da Universidade Braz Cubas. Na década de 80, com a construção do campus do Mogilar, imóvel passou a ser utilizado principalmente por cursos de Ciências Humanas, como o de Direito. A partir de 2010, a UBC passou a remanejar os cursos para o campus Mogilar e a última utilização da estrutura foi como Polo de Ensino à Distância da UBC.

Em janeiro, vamos reunir as secretarias municipais para definir qual será a utilização do prédio, mas já está definido que serão serviços públicos, uma vez que trata-se de um imóvel com ótima localização, próximo ao Terminal Central e com fácil acesso da população”, disse o prefeito.

Bertaiolli lembrou que a Prefeitura vem recuperando uma série de imóveis com tradição na cidade e transformando-os em locais que oferecem serviços para a população. É o caso do antigo prédio da Associação dos Motoristas, na Rua Ipiranga, que estava degradado, após ter sido reformado, recebeu uma unidade do Crescer, que oferece cursos profissionalizantes gratuitos a toda à população.

predio_ipiranga1
Prédio da antiga Associação dos Motoristas antes da reforma. Foto: PMMC

O mesmo processo ocorreu na estrutura da Cooperativa Agrícola de Cotia, na Rua Braz Cubas. Atualmente, o local abriga a sede da Secretaria Municipal de Agricultura e recebe a feira noturna, que funciona todas as quintas-feiras, das 16h00 às 21h00. Já o antigo terreno da empresa NGK, entre a Rua Professor Flaviano de Melo e a Avenida Governador Adhemar de Barros, recebeu o Terminal Central e a Praça Flávio Furlan.

Recentemente, a Prefeitura iniciou a reforma no antigo prédio da empresa Telefônica, na Praça Monsenhor Roque Pinto de Barros, que será transformado em um centro cultural. Ainda nesta área, a Administração Municipal obteve a cessão de uso por tempo indeterminado de Galpões da CPTM existentes no Mogilar e está promovendo a limpeza da área para a implantação de mais um equipamento multicultural.

Ainda na região central, o imóvel abrigou no passado o Departamento de Trânsito da Prefeitura e ficou anos sem utilização recebeu a Casa do Hip Hop. Já o Casarão da Rua Coronel Souza Franco, desapropriado em 2011, será restaurado para receber a escola de educação patrimonial e Arquivo Histórico Municipal, com financiamento no valor de R$ 2,2 milhões do Governo do Estado.

No Parque Santana, o antigo Clube Campestre receberá um parque. A Prefeitura já obteve posse da área, fez trabalhos de recuperação e contratou o arquiteto Ruy Ohtake para desenvolver o projeto executivo. Por fim, a Administração Municipal está em negociações com o proprietário do Casarão do Barradas, na esquina das ruas Capitão Manoel Caetano e Coronel Souza Franco, para a desapropriação do imóvel, que, após restauração, deverá ser transformado na Casa do Artesão.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios