Bom Prato Mogi amplia cota diária de café da manhã a partir de Janeiro/2015

A partir do dia 02/01/2015, o Restaurante Bom Prato de Mogi das Cruzes ampliará sua cota diária de 300 para 500 cafés da manhã. A refeição é servida de segunda a sexta-feira, das 7h00 até o término da cota. Por R$ 0,50, o cidadão recebe como primeira refeição do dia um pão com manteiga, café com leite e uma fruta da época, podendo haver variações no cardápio.

A ampliação da cota atenderá ao crescimento da demanda. “O café da manhã está sendo servido desde 2011 na unidade do Bom Prato de Mogi das Cruzes, mas, nos últimos tempos, a procura tem sido muito grande. Solicitamos a ampliação para melhor atender à população que utiliza esse importante serviço”, explica o secretário adjunto de Assistência Social, Edson dos Santos.

A partir do dia 2 de janeiro, o Bom Prato de Mogi ampliará sua cota diária de 300 para 500 cafés da manhã. Foto: PMMC
A partir do dia 2 de janeiro, o Bom Prato de Mogi ampliará sua cota diária de 300 para 500 cafés da manhã. Foto: PMMC

O Restaurante Bom Prato foi implantado em Mogi das Cruzes em 2006 e funcionou por mais de quatro anos na Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco. Em abril de 2011, foi transferido para o número 333 da Rua Flaviano de Melo e, em setembro do ano passado, mudou-se novamente, para o número 378 da mesma via. O novo espaço conta com 500 metros quadrados de área construída e foi planejado especialmente para oferecer mais conforto e comodidade aos clientes.

De segunda a sexta-feira, a unidade oferece 1,4 mil refeições diárias ao preço único de R$ 1,00. O atendimento começa às 10h30 horas e prossegue até o final da cota. Para comemorar o Natal, um cardápio especial será servido no dia 23 de dezembro. Os frequentadores poderão degustar “Salada Noel” (alface crespa, acelga e uvas passas); pernil na chapa, guarnição, batata ao molho branco e talos, suco de uva. Neste ano, a novidade será o mini-panetone como sobremesa especial.

O Bom Prato é um programa social que tem como objetivo oferecer segurança alimentar à população de baixa renda, com refeições balanceadas e de qualidade, por meio de um cardápio variado composto de 1.600 calorias. Em todo o Estado de São Paulo são servidos diariamente cerca de 47 mil almoços para um público diversificado, composto principalmente de aposentados, desempregados, subempregados, comerciários e estudantes.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios