Novo Basquete Brasil 2014/2015 – Rodada 9

O reencontro entre Mogi das Cruzes/Helbor e Flamengo foi um grande jogo. Semifinalistas da última temporada, as equipes voltaram a se enfrentar nesta quarta-feira (10/12/2014), no Ginásio Municipal “Professor Hugo Ramos”, e fizeram um duelo parelho do início ao fim. Para levar a melhor e conquistar um importante triunfo como visitante no NBB 7, pelo placar de 98 a 94, os atuais bicampeões contaram com uma atuação de gala do ala Marquinhos no último quarto.

Até então discreto no jogo, o camisa 11 brilhou no período final. Com apenas dois arremessos errados durante toda a parcial decisiva, o jogador marcou expressivos 17 pontos, com direito a cinco bolas certeiras da linha de três pontos, e teve papel fundamental para o clube da Gáva vencer. No total, Marquinhos registrou 25 pontos e foi o cestinha da equipe vencedora.

Responsáveis por 17 e 16 pontos, respectivamente, o ala Marcelinho e o ala/pivô Olivinha foram outras figuras fundamentais para a vitória rubro-negra. Outro grande nome do Flamengo no duelo realizado nesta quarta-feira foi o armador argentino Nicolás Laprovittola, autor do único duplo-duplo do jogo, com 11 pontos e 11 assistências.

Foto: Cleomar Macedo/ Helbor
Elinho, do Mogi das Cruzes, e Laprovittola, do Flamengo. Foto: Cleomar Macedo/ Helbor

Fizemos um segundo tempo agressivo. Voltamos com uma defesa bem postada e isso nos deu mais confiança para atacar. Tivemos muita paciência para achar as bolas certas e conseguimos construir nosso jogo. Foi um grande resultado para nós. Ganhar em Mogi não é nada fácil”, disse Marquinhos, que com um total de seis bolas de três convertidas liderou a ótima produção de arremessos longos do Flamengo – 18 no total.

Do lado mogiano, o grande destaque individual ficou por conta do ala norte-americano Shamell, cestinha do jogo, com 28 pontos. Autor de 12 pontos e sete rebotes, o pivô Gérson foi outro a ter bom desempenho a favor da equipe do Alto do Tietê, assim como os alas Filipin e Tyrone, com 11 e dez pontos, respectivamente.

Não é à toa que o Flamengo é o atual campeão mundial e jogou contra times da NBA. Acho que nosso time jogou muito bem hoje, mas não é fácil ganhar deles. Eles têm vários jogadores que podem decidir uma partida e isso ficou muito claro hoje”, lamentou Shamell.

Com a vitória no confronto direto – as duas equipes chegaram empatadas para o jogo –, o Flamengo se encontra agora na vice-liderança da competição, ao lado do Paschoalotto/Bauru, com uma campanha de cinco vitórias e duas derrotas. Por sua vez, Mogi somou seu terceiro resultado negativo em oito partidas realizadas e caiu momentaneamente para a oitava posição.

Depois da importante vitória em solo mogiano, o Flamengo voltará a atuar fora de casa, novamente em um “caldeirão”. Agora, a equipe atuará frente ao São José/Unimed, no sempre barulhente Ginásio Lineu de Moura, nesta sexta-feira, às 19h00, com transmissão ao vivo do SporTV. Na mesma data, porém às 20h00, Mogi buscará se reabilitar, novamente como mandante, frente ao Macaé.

O jogo

As bolas de três pontos foram fundamentais para Mogi abrir boa vantagem na parcial inicial. O duelo até começou equilibrado, com as duas equipes se alternando na liderança. Mas depois de dois tiros de longa distância convertidos em sequência por Elinho, os donos da casa deslancharam. Depois do bom momento do armador, Shamell converteu linda jogada individual e estendeu a vantagem dos donos da casa para nove pontos (22 a 13).

Com o cenário ruim para seu time, o técnico José Neto parou o jogo e colocou alguns reservas em quadra. O tempo técnico e as mudanças, principalmente a entrada de Olivinha, surtiram efeito e a diferença caiu para quatro pontos (22 a 18). Porém, mais duas bolas de três pontos, desta vez com Tyrone e Thomas, Mogi fechou a parcial inicial com dez pontos de frente (28 a 18).

O time da casa até manteve uma boa produção ofensiva durante o segundo quarto, mas os visitantes melhoraram e conseguiram diminuir a diferença. Com destaque para Laprovittola e Olivinha, a equipe carioca igualou o desempenho dos rivais na parcial anterior (28 pontos). Do lado mogiano, Paulão e Elinho apareceram bem e comandaram o ataque da equipe. Desta maneira, após alto nível técnico e muito equilíbrio, a primeira metade do duelo se encerrou com os comandados de Paco García ainda na frente, mas por apenas seis pontos: 50 a 46.

Duas bolas de três, nas mãos de Laprovittola e Marcelinho, e um arremesso de dois pontos de Olivinha nos instantes iniciais do terceiro quarto colocaram o Flamengo em vantagem (54 a 50). Só que Mogi não se intimidou com a sequência de 8 a 0 dos rivais e manteve a partida equilibrada. Então, o terceiro quarto foi “lá e cá”, e os dois times voltaram a se revezar na ponta do marcador. Pelo time anfitrião, o grande destaque na parcial foi Shamell, enquanto que pela equipe rubro-negra foi Olivinha quem brilhou. Depois de mais dez minutos de muita qualidade técnica e com o equilíbrio como grande protagonista, o jogo chegou para o período final com os mogianos em vantagem, por 66 a 64.

“Trocando cestas” no início do último quarto, as equipes se mantiveram próximas no placar. Restando seis minutos para o fim, o placar apontava igualdade em 74 a 74 e o jogo seguiu parelho até que Marquinhos roubou a cena. Com três bolas de três pontos consecutivas, o camisa 11 colocou o Flamengo cinco pontos na frente a dois minutos para o término da partida (88 a 83). No embalo de Shamell, Mogi seguiu na cola dos rubro-negros, mas Marquinhos, mais uma vez, e Marcelinho, converteram duas bolas de longa distância fundamentais nos segundos finais e o time do técnico José Neto conquistou o importante triunfo como visitante.

Outros resultados da 9ª Rodada:

Uberlândia 67 x 70 Franca
Liga Sorocabana 88 x 96 Pinheiros
Palmeiras 73 x 68 Paulistano
Minas 79 x 84 Bauru
São José 80 x 79 Macaé Basquete
Basquete Cearense 68 x 60 Rio Claro
Brasília 83 x 87 Limeira

Próxima Rodada:

12/12/2014 (sexta-feira) às 20h00
Mogi das Cruzes x Macaé Basquete
Ginásio Municipal de Esportes “Professor Hugo Ramos”

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios

Um comentário sobre “Novo Basquete Brasil 2014/2015 – Rodada 9

Os comentários estão desativados.