Liga Sul-Americana de Basquete 2014 – segunda fase – Rodada 3

O Paschoalotto/Bauru foi para cima dos donos da casa, o Mogi das Cruzes/Helbor, conseguiu a vitória, por 91 a 78 e liderança do Grupo F da Liga Sul-Americana 2014. O duelo na noite desta quinta-feira (13/11/2014), no Ginásio “Professor Hugo Ramos”, era o confronto dos dois classificados desta chave para o Final Four. Mesmo assim, o ritmo não foi nem um pouco fraco, principalmente pelo esquadrão bauruense.

O jovem armador Ricardo Fischer, do Bauru, foi o cestinha de seu time com 21 pontos. Larry Taylor e Robert Day foram os segundo maiores marcadores do elenco com 18 tentos cada. Ambos também pegaram seis rebotes. A grande surpresa, porém, foi Wesley Sena, de apenas 18 anos, que deixou 15 pontos, tendo saído do banco, e foi crucial no segundo e terceiro quartos para o Bauru.

O Mogi das Cruzes atuou com três importantes desfalques: o ala Shamell, o armador Gustavinho e o pivô Daniel Alemão. O principal jogador dos donos da casa foi Pedro Macedo, com cinco arremessos de três pontos convertidos de oito tentativas. Foram 23 pontos anotados na súmula, além de cinco rebotes. O pivô Gérson também teve grande importância e foi dono do único duplo-duplo do confronto: 12 pontos e 13 rebotes.

O Mogi encara o tradicional time argentino o Boca Juniors no Final Four. Foto: Cleomar Macedo/ FIBA Americas
O Mogi encara o tradicional time argentino o Boca Juniors no Final Four. Foto: Cleomar Macedo/ FIBA Americas

Infelizmente eles foram melhores. Nós até conseguimos buscar uma recuperação no último quarto. Fomos bem, encostamos, mas eles estavam bem nas bolas de três pontos. Elas caíram e não deu para nós”, disse Pedro Macedo, do Mogi.

Ambos os times já estavam classificados para o Final Four devido às vitórias contra o UniCEUB/BRB/Brasília (BRA) e o ComuniKT (EQU). O duelo da noite de hoje, porém, definiu quem serão seus adversários na próxima fase da Liga Sul-Americana. Até o começo do jogo, Mogi das Cruzes estava no primeiro lugar do Grupo F, seguido por Bauru.

Depois do resultado de hoje, o time do técnico Guerrinha assumiu a liderança da chave e enfrentará o Malvín (URU) no Final Four, enquanto o Mogi encara o tradicional time argentino, o Boca Juniors. A sede e a data dos jogos ainda não foram definidos.

O próximo compromisso do Mogi das Cruzes é contra o Pinheiros/SKY, no domingo (16/11), às 19h00, no Ginásio “Professor Hugo Ramos”.

O jogo

No último jogo do Grupo F da Liga Sul-Americana, o Bauru começou liderando no placar. O armador Ricardo Fischer abriu o jogo com dois pontos, mas o Mogi logo avançou e fez 4 a 2 com dois lances livres de Tomas Gehrke e uma enterrada de Paulão Prestes. Durante um bom tempo as equipes se mantiveram equilibradas, mas com o time visitante sempre na frente.

Com poucos minutos para o encerramento do primeiro quarto, o Bauru começou a ditar sua diferença no placar. Mesmo com as boas tentativas do Mogi, o time comandado pelo técnico Guerrinha conseguiu impor o seu ritmo e fechar o período inicial vencendo por 25 a 17.

O segundo quarto foi marcado pela intensidade dos donos da casa. Sem esmorecer, Pedro Macedo, vindo do banco, começou com um arremesso de três pontos, seguido por Gérson, que anotou dois para deixar os números mais aproximados. Larry Taylor, porém, respondeu da linha dos três para deixar seu time com um pouco mais de folga.

O Mogi, no entanto, não desistiu. Pedro Macedo deixou nove pontos na súmula somente neste quarto, e seu companheiro Gérson foi o responsável por igualar o placar (32 a 32). Depois disso, o Bauru acelerou e contou com a mão quente de Robert Day para seguir ao intervalo com o resultado de 42 a 34 a seu favor.

O terceiro quarto foi determinante para o Bauru decretar sua vitória. Com uma atuação incrível do jovem Wesley Sena, o esquadrão bauruense foi eficiente em seus ataques e contou com os arremessos certeiros de Robert Day e Ricardo Fischer. Pelo lado do Mogi, o armador Elinho fez pontos importantes para o seu time na tentativa de encostar no placar.

Com nove pontos somente neste quarto, Wesley Sena, ao lado de Fischer, foi o responsável por levar o Bauru para o período derradeiro com uma vantagem de 21 pontos no placar de 72 a 51.

No último quarto, o grande nome foi o ala mogiano Pedro Macedo. Dos seus 14 pontos feitos só neste período, sendo nove deles em bolas de três, um deles foi o responsável por diminuir a larga diferença de 21 para apenas sete pontos no placar. Depois de um arremesso certeiro, o jogador recebeu uma falta e acertou o lance livre, com apenas dois minutos para o final da partida (85 a 78).

Larry Taylor, porém, estava com a mão firme e acertou dois arremessos de três pontos seguidos para assegurar a vitória do Bauru.

Confira a tabela completa do Grupo F da Liga Sul-Americana 2014:

Sede: Mogi das Cruzes

11/11 (terça-feira)
Paschoalotto/Bauru 95 x 87 UniCEUB/BRB/Brasília
Mogi das Cruzes/Helbor 95 x 67 Comunikt (ECU)

12/11 (quarta-feira)
Comunikt (ECU) 83 x 110 Paschoalotto/Bauru
UniCEUB/BRB/Brasília 70 x 92 Mogi das Cruzes/Helbor

13/11 (quinta-feira)
UniCEUB/BRB/Brasília 85 x 67 Comunikt (ECU)
Mogi das Cruzes/Helbor 91 x 78 Paschoalotto/Bauru

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios