Liga Sul-Americana de Basquete 2014 – primeira fase – Rodada 3

Era um jogo de vida ou morte. Nesta quinta-feira (02/10/2014), Mogi das Cruzes/Helbor e Libertad Sunchales (ARG) entraram em quadra com apenas um objetivo: vencer para ficar com última vaga do Grupo A na próxima fase da Liga Sul-Americana 2014. Melhor para os mogianos, que contaram com o apoio de sua torcida, no Ginásio “Professor Hugo Ramos”, e venceu o duelo direto contra os ‘hermanos’, por 68 a 58.

Com o resultado positivo, a equipe do técnico Paco García encerrou sua participação na fase de grupos da competição da América do Sul na segunda colocação do Grupo A, com duas vitórias e uma derrota (66,6% de aproveitamento), atrás apenas do Malvín (URU), que terminou a etapa inicial do torneio invicto, com três triunfos nas três primeiras partidas (100% de aproveitamento).

Os principais destaques do Mogi no confronto foram os norte-americanos Shamell, cestinha do duelo com 19 pontos, e Tyrone Curnell, responsável por 18 pontos. Quem também se sobressaiu pelo lado dos donos da casa foi o pivô Daniel Alemão, que saiu do banco e anotou 11 pontos e nove rebotes, além do ala Filipin, autor de importantes bolas de 3 na reta final do jogo, com nove pontos.

Eu gosto de aparecer, mas hoje não fui só eu que apareci. Foi uma vitória coletiva. O Filipin fez duas bolas de 3 importantíssimas, o Alemão ficou triste pelo jogo de ontem, mas veio aqui hoje e fez umas três ou quatro bolas decidindo mesmo, o Tyrone fez o que sempre faz. Foi uma vitória coletiva. Estou muito feliz por fazer parte disso”, comemorou o dono da noite, Shamell.

Pelo lado da equipe argentina, os maiores pontuadores foram o ala Shaquille Johnson, responsável por 15 pontos e ainda apanhou sete rebotes, e o pivô Gaston Essengue, que mesmo vindo do banco, deixou a quadra com 13 pontos e cinco rebotes. Outro que apareceu bem pelo time da cidade de Sunchales foi o pivô e capitão Alejandro Aloatti, com 11 pontos e seis rebotes.

O Mogi começou o confronto melhor, mais ligado, e abriu a contagem no placar com uma bola de 3 pontos certeira de Shamell, seguida por uma bandeja de seu compatriota Tyrone (5 a 0). Baseando seu jogo nos tiros longos, os argentinos conseguiram se encontrar e deixar o confronto truncado (8 a 6). Depois de aproximadamente cinco minutos de baixo nível técnico, partida voltou a fluir melhor e, da mesma forma, os donos da casa tornaram a apresentar um bom basquete.

Liga Sul-Americana de Basquete 2014
Mogi garantiu presença nos quadrangulares semifinais da Sul-Americana. Foto: FIBA Américas/ Divulgação

Explorando bem as jogadas de garrafão e defendendo forte, sem dar espaço ao Libertad, os comandados de Paco García abriram oito tentos de frente (17 a 9) e ficaram mais confortáveis no duelo. Nos momentos finais da primeira etapa, o esquadrão do Alto Tietê ampliou ainda mais sua diferença e fechou o período inicial com uma bola de 3 pontos de Tyrone no estouro do cronômetro, placar de 22 a 13.

No segundo quarto, o jogo voltou a ficar amarrado e os mogianos apresentaram um baixo aproveitamento nas finalizações e, desta forma, o Libertad Sunchales aproveitou para encostar no placar e baixar a diferença para dois pontos (26 a 24). Após o “apagão”, o time de Mogi das Cruzes se recuperou na reta final da segunda parcial, contou com boa sequência de Shamell e Filipin e foi para os vestiários com diferença de 11 pontos a seu favor, placar de 39 a 28.

Logo na volta do intervalo, os comandados de Paco García aumentaram sua vantagem para 14 pontos após falta e cesta seguida do lance livre de bonificação do ala Shamell (42 a 28). A partir daí, os mogianos controlaram o adversário e foram perigosamente administrando o resultado. Tão perigosamente que o esquadrão argentino cresceu nos momentos finais do terceiro período e caminhou para os dez minutos finais com cinco pontos atrás (52 a 47).

Quando reduziu a frente mogiana para apenas três pontos logo no início da parcial final, o Libertad tentou colocar fogo no jogo (52 a 49). Tentou, mas não conseguiu. Com duas bolas de 3 pontos de Filipin, o Mogi das Cruzes voltou para o jogo e recuperou a boa vantagem, para delírio do torcedor presente no Ginásio Professor Hugo Ramos (58 a 49). A partir daí, o Mogi passou a controlar o jogo e só administrou a vitória que os deu a classificação para a próxima fase da Liga Sul-Americana 2014.

Com o final das disputas do Grupo A, a Liga Sul-Americana prosseguirá a partir da próxima semana, com a realização das partidas da chave B, que contém as equipes do Boca Juniors (ARG), Comunikt (EQU),Deportivo Tinguiririca San Fernando (CHI) e Aduaneros de Valência (VEN). Os confrontos acontecerão entre os dias 07 e 09 de outubro, na cidade de Ambato, no Equador.

O próximo time brasileiro a entrar em quadra na competição do continente sul-americano é o Winner/Limeira, que entre os dias 14 e 16 de outubro, em Montevidéu, no Uruguai, brigará por um lugar na etapa semifinal do torneio contra as equipes do Atlético Aguada (URU), atual vice-campeão do torneio, o Argentinos de Junin (ARG) e o Importadora Alvarado (COL).

Confira a tabela completa do Grupo A da Liga Sul-Americana 2014:

Sede: Mogi das Cruzes

30/09 (terça-feira)
Libertad Sunchales (ARG) 66 x 72 Malvín (URU)
Mogi das Cruzes/Helbor 84 x 50 Colégio La Salle (BOL)

01/10 (quarta-feira)
17h45 – Colégio La Salle (BOL) 60 x 86 Libertad Sunchales (ARG)
20h00 – Mogi das Cruzes/Helbor 68 x 85 Malvín (URU)

02/10 (quinta-feira)
17h45 – Malvín* (URU) 81 x 54 Colégio La Salle (BOL)
20h00 – Mogi das Cruzes/Helbor* 68 x 58 Libertad Sunchales (ARG)

Grupo B:

07/10
Boca Juniors 68 x 65 Deportivo Tinguiririca San Fernando
Comunikt 84 x 79 Aduaneros de Carabobo

08/10
Aduaneros de Carabobo 58 x 70 Boca Juniors
Comunikt 81 x 72 Deportivo Tinguiririca San Fernando

09/10
Deportivo Tinguiririca San Fernando 81 x 77 Aduaneros de Carabobo
Comunikt* 90 x 82 Boca Juniors*

Grupo C:

Sede: Montevidéu – Uruguai

14/10
Argentino de Junín (ARG) 63 x 77 Winner/Limeira
Aguada (URU) 106 x 81 Importadora Alvarado (EQU)

15/10
Importadora Alvarado (EQU) 57 x 98 Winner/Limeira
Aguada (URU) 75 x 84 Argentino de Junín (ARG)

16/10
Argentino de Junín* (ARG) 78 x 65 Importadora Alvarado (EQU)
Aguada (URU) 74 x 72 Winner/Limeira*

Grupo D:

Sede: Bauru

21/10
UniCEUB/BRB/Brasília 99 x 107 Defensor Sporting (URU)
Paschoalotto/Bauru 88 x 63 Guerreros de Bogotá (COL)

22/10
Guerreros de Bogotá (COL) 70 x 90 UniCEUB/BRB/Brasília
Paschoalotto/Bauru 94 x 80 Defensor Sporting (URU)

23/10
Defensor Sporting (URU) 83 x 89 Guerreros de Bogotá (COL)
Paschoalotto/Bauru* 88 x 78 UniCEUB/BRB/Brasília*

(*) Classificados para a segunda fase

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios