Novo Basquete Brasil 2013/2014 – Rodada 23

No primeiro confronto entre irmãos estrangeiros na história do NBB, o mais velho Joe Smith superou o mais novo Jason, na partida em que o Pinheiros/SKY venceu, em casa, o Mogi das Cruzes/Helbor, por 84 a 82.

Com 22 pontos, Shamell foi o cestinha do jogo e ainda contribuiu com seis rebotes e seis assistências para liderar o triunfo pinheirense. Enquanto isso, no duelo pessoal dos irmãos Smith, Joe também levou a melhor, já que marcou 20 tentos contra 13 de seu irmão.

Além de Jason, outros dois jogadores do Mogi atingiram dígitos duplos na pontuação: o ala Marcus Toledo e o pivô Daniel Alemão, ambos com 18 pontos. Esta foi a 12ª derrota do esquadrão dirigido pelo técnico Paco García em 21 jogos disputados na competição nacional.

NBB 2013/2014
Joe Smith, do Pinheiros, e Jason Smith, do Mogi. Foto: Guilherme Peixinho/ Divulgação

Os mogianos foram para cima dos donos da casa no início da partida e assumiram a liderança nos primeiros minutos (13 a 9). O Pinheiros não se intimidou com a força do adversário, se fechou na defesa e virou o placar ainda na etapa inicial. Com bom desempenho do pivô Bábby, que enfrentou seu ex-time pela primeira vez, o time da capital paulista fechou o primeiro quarto na frente, 19 a 13.

Sem pontuar por mais de cinco minutos no final da etapa inicial, o Mogi das Cruzes acertou a mão no período seguinte. O ala/pivô Marcus Toledo comandou a reação da equipe mogiana, que chegou a ficar apenas um ponto atrás do Pinheiros (30 a 29). Nesse momento, o técnico Claudio Mortari colocou em quadra o jovem Lucas Dias. O jogador deu um novo gás ao time mandante, que foi para o intervalo vencendo por 44 a 35.

Os irmãos Smith, que estavam um pouco tímidos em quadra, resolveram mostrar jogo no início do terceiro quarto. Joe abriu o período com duas bolas de 3 consecutivas e Jason passou a comandar o ataque do Mogi. Só que as ações do “brother” mais velho surtiram mais efeito e os donos da casa chegaram a abrir 16 pontos no placar (59 a 43) e fecharam a etapa com a liderança por 67 a 57.

O Mogi das Cruzes cresceu de produção no quarto período e tentou arrancar a vitória das mãos do Pinheiros. A cada posse de bola, a equipe visitante foi diminuindo a diferença. O Pinheiros se segurou até onde pôde, mas com um pouco mais de um minuto para o final, o ala B. Simões acertou um arremesso que colocou os mogianos apenas dois pontos atrás (79 a 77).

A partir daí, o jogo de basquete se transformou num confronto de xadrez. O ala Filipin teve a chance de empatar o jogo com dois lances livres, mas o jogador do Mogi acertou apenas um arremesso das duas tentativas (79 a 78). No ataque seguinte, Shamell foi para a linha dos lances e também converteu somente um ponto, dando ao adversário mais uma oportunidade de empatar. Porém, foi a vez de B. Simões falhar nos tiros livres e permitir com os donos da casa ficassem com a vitória.

Vamos continuar jogando assim, como um time, todos unidos. Esse é o caminho para alcançarmos o que queremos”, comentou Joe Smith.

Outros resultados da 23ª Rodada:

Goiânia 75 x 94 Uberlândia
Palmeiras 69 x 85 Basquete Cearense
Liga Sorocabana 79 x 98 Flamengo
Paulistano 110 x 93 Macaé Basquete
Minas 71 x 77 Bauru
Espírito Santo 84 x 99 Limeira

Próxima Rodada:

08/02/2014 (sábado) às 18h00
Palmeiras x Mogi das Cruzes
Ginásio Palestra Itália – São Paulo (SP)

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios