Mogi das Cruzes pode receber base de operação dos helicópteros Águia da PM

Mogi das Cruzes poderá receber uma base de operações do Águia, o grupo de helicópteros responsável pelo patrulhamento aéreo da Polícia Militar paulista. O assunto foi debatido nesta terça-feira (20/09/2011),em São Paulo, durante audiência entre o prefeito Marco Bertaiolli e o comandante-geral da PM, coronel Álvaro Batista Camilo. Bertaiolli colocou a cidade à disposição para receber a base e afirmou que, se houver o aval da corporação, a Prefeitura se responsabilizará pela construção da base. A iniciativa da Administração Municipal agradou o comando da PM.

Foi uma audiência extremamente positiva para a cidade. Fomos muito bem recebidos pelo coronel Camilo e colocamos Mogi à disposição para receber uma base do Águia. A PM está procurando pontos para instalar novas bases de helicópteros, com autorização inclusive para vôos noturnos, e se tivermos um sinal positivo da corporação a Administração Municipal construirá esta unidade. Seria uma conquista importantíssima, pois traria para a região um moderno equipamento de segurança”, afirmou Bertaiolli, que participou da audiência ao lado do vice-prefeito José Antonio Cuco Pereira e do vereador Expedito Ubiratan Tobias.

A iniciativa do prefeito mogiano agradou ao comandante da PM. A partir de agora, a corporação analisará a disposição do município. A proposta reforça uma extensa parceria entre a cidade e a área de segurança pública. A Prefeitura apóia as Polícias Militar, Civil e o Corpo de Bombeiros com R$ 3,7 milhões anuais em gratificações, combustível, manutenção de viaturas, além de despesas com aluguel, luz e água.

Além disso, a Administração Municipal mantém um moderno sistema de monitoramento com câmeras, que recentemente foi ampliado e hoje conta com 283 unidades espalhadas em toda a cidade. Mogi também foi a primeira cidade do Estado, após a capital paulista, a firmar convênio com o Estado para a realização da Atividade Delegada – atualmente, 40 policiais auxiliam a Prefeitura na fiscalização do comércio irregular.

O mais recente equipamento inaugurado pela Prefeitura foi a Central de Urgências, Remoções e Emergências (Cure), entregue no dia 17 de setembro e que funciona junto ao Corpo de Bombeiros. A unidade concentra e agiliza todas as chamadas emergenciais do município graças à integração dos atendimentos do Setor de Ambulâncias da Prefeitura Municipal, Corpo de Bombeiros e Serviço Móvel de Urgência (Samu).

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios