Safra 2011 do caqui será lançada neste domingo (17/04)

[tweetmeme]

A partir das 7h00 deste domingo (17/04) será lançada no Varejão a safra 2011 do caqui. O evento, bastante tradicional na cidade, deve se estender até o meio dia e será realizado pela Prefeitura Municipal, em parceria com a Associação dos Fruticultores do Alto Tietê (Afruti) e a Casa da Agricultura de Mogi das Cruzes (Cati). A expectativa, como conta o secretário municipal de Agricultura, Oswaldo Nagao, é reunir um grande número de produtores e consumidores, reforçando a importância da fruta para a cidade e também para a nutrição dos cidadãos.

É muito importante divulgarmos a safra do caqui, que continua sendo carro-chefe da produção rural da cidade, e também as diversas formas de se consumir o caqui“, diz, lembrando que a fruta tem algumas variações e pode dar origem a sorvetes, geléias, pães, bolos, sucos, e vinagre. Há o caqui fuyu (achatado) e o guiombo (ovalado), que devem ser consumidos ainda duros, e se diferenciam pelo fato de o primeiro ter sabor adocicado e textura macia, e o segundo ser doce e crocante. Já variedade rama-forte é a que deve ser consumida bem madura.

Nagao assinala que o mau tempo, como as chuvas do verão e também a tempestade de granizo do último domingo, culminaram com uma perda estimada entre 15% e 20% do total da safra. Mas, para ele, isso não será impedimento para mais um evento de sucesso. “Sabemos que o excesso de chuva causou o abortamento prematuro da fruta, e muitos produtores tiveram prejuízos, mas de qualquer maneira faremos o lançamento, e esperamos a presença de muita gente”.

O secretário lembra que, por determinação do prefeito Marco Bertaiolli, desde o ano passado o caqui passou a fazer parte da merenda escolar de 43 mil crianças matriculadas em unidades da rede municipal de ensino. A iniciativa foi adotada para incentivar a produção local, e também aprimorar o valor nutricional das refeições oferecidas aos alunos mogianos.

A produção de caqui em Mogi das Cruzes ultrapassa as 40 mil toneladas anuais. São ao todo 2 mil hectares plantados. Há em todo o Alto Tietê mais de 350 produtores, sendo que 80% deste total estão na cidade.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios