Secretaria de Esporte realiza seletiva de Vôlei Feminino

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel) promoverá no dia 9 de fevereiro de 2020 uma seletiva para a formação da equipe de vôlei feminino que representará Mogi das Cruzes neste ano. As atividades acontecerão no Complexo Esportivo Professor Hugo Ramos e serão realizadas em dois horários: às 13h30, com a categoria sub 16, para jovens de 14 a 16 anos, e às 14h30 com o sub-18 e sub-20, para participantes de 16 a 20 anos.

Seletivas como essa são importantes para oferecer a possibilidade do surgimento de novos talentos aqui da cidade, dando oportunidade para os mogianos ingressarem no esporte e praticá-lo com as instruções de profissionais capacitados”, ressaltou o secretário municipal de Esporte e Lazer, Nilo Guimarães.

Os interessados deverão comparecer no Complexo Esportivo uma hora antes da seletiva de sua categoria, portando uma xerox do RG, CPF e comprovante de endereço. Foto: Divulgação

Os interessados deverão comparecer ao Complexo Esportivo uma hora antes da seletiva de sua categoria, levando uma cópia do RG, CPF e comprovante de endereço. A Secretaria de Esporte e Lazer ainda informa que os candidatos devem levar um shorts, uma camiseta e um tênis adequados para a prática esportiva.

O Complexo Esportivo Professor Hugo Ramos está localizado ao lado do Ginásio Municipal, na rua Professor Ismael Alves dos Santos, 560 – Vila Mogilar. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4798-5103.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Inscrições para visita ao Parque Municipal serão abertas na segunda, 27/01/2020

A próxima visita monitorada ao Parque Natural Municipal Chiquinho Veríssimo será realizada no dia 2 de fevereiro, das 9h00 às 12h00. Os interessados em participar podem entrar em contato com a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente a partir da segunda-feira, dia 27/01/2020, pelo telefone 4798-5959, e confirmar a presença, informando o nome e o RG. É necessário apresentar o comprovante da vacinação contra febre amarela no dia da visita.

Durante a trilha monitorada, inscritos conhecem a flora e a fauna no Parque Municipal

A visita monitorada começa como uma palestra, na qual os participantes aprendem um pouco sobre a história do parque e da Serra do Itapeti – onde a reserva está localizada, em seu topo. E seguida, acontece a trilha, considerada de média complexidade e com cerca de 1,5 quilômetro de extensão. Acompanhadas de um guia, as pessoas podem observar espécies como saguis e admirar a vista do alto do parque, de onde é possível ver Mogi das Cruzes.

No dia da visita, a recomendação é para que os participantes venham com calça comprida, além de calçados fechados e confortáveis. Além disso, é importante que o participante leve repelentes, protetor solar, lanche e água. Com limite de 120 pessoas por dia, as visitas são gratuitas e proporcionam às pessoas a oportunidade de conhecer um local onde existem cerca de 300 espécies de aves identificadas, além de 40 tipos de mamíferos.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Rua Cabo Diogo Oliver terá interdição parcial

A rua Cabo Diogo Oliver será interditada para o trânsito de veículos a partir desta sexta-feira, 24/01/2020, no trecho entre a rua Engenheiro Gualberto e a linha férrea, no Mogilar. A medida, que valerá até domingo, 26/01, será necessária para a realização de obras que fazem parte da construção da praça Diego Leme Chavedar. O acesso ao túnel do Complexo Viário Jornalista Tirreno Da San Biagio permanecerá aberto.

As intervenções que serão executadas durante os dias em que a via será interditada tem como objetivo melhorar a segurança dos pedestres que circularão entre a futura praça e a travessia da linha férrea e a rua Américo Rodrigues Da San Biagio.

A alternativa para os motoristas que estão na rua Cabo Diogo Oliver e desejam acessar a região da rua Américo Rodrigues Da San Biagio ou a avenida Francisco Rodrigues Filho é a utilização das ruas Casarejos e José Alves dos Anjos. Já quem estiver circulando pela rua Engenheiro Gualberto poderá utilizar a rua Afonso Pena para chegar à rua Casarejos. Agentes municipais de trânsito farão a orientação dos motoristas.

Interdição acontecerá entre sexta-feira e domingo (24 e 26/01) e será necessária para obras que fazem parte da construção da praça Diego Leme Chavedar. Foto: Divulgação

Os ônibus do transporte coletivo que circulam pela região também utilizarão, durante o período de interdições, as ruas Casarejos e José Alves dos Anjos. A medida valerá para as linhas municipais e intermunicipais, em um total de 360 passagens por dia. A Secretaria Municipal de Transportes também remanejou provisoriamente os pontos de ônibus localizados nos trechos que serão afetados pela interdição.

A construção da praça Diego Leme Chavedar faz parte do projeto de renovação urbanística da região central de Mogi das Cruzes. Ela está sendo construída no espaço entre as ruas Cabo Diogo Oliver, Hamilton da Silva e Costa e Engenheiro Gualberto, no Mogilar. O projeto completo de requalificação da região tem investimento de R$ 3.930.632,99 e também inclui a reforma das praças Sacadura Cabral e Oswaldo Cruz.

As obras estão baseada em três eixos. O primeiro é o urbanístico, que prevê a priorização de pedestres, novos mobiliários, arborização e pisos drenantes. O segundo é o social e incluirá a nova base de monitoramento da Guarda Municipal, a iluminação pública com luminárias LED, o monitoramento com câmeras e a instalação de rede wi-fi. Já o terceiro será o de mobilidade urbana, que contemplará toda a reorganização do sistema viário.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Prefeitura e AEAMC discutem melhorias para a Av. Engenheiro Miguel Gemma

Técnicos da Prefeitura de Mogi das Cruzes e da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Mogi das Cruzes (AEAMC) vão discutir soluções para a melhoria da avenida Engenheiro Miguel Gemma. A medida foi anunciada nesta quarta-feira, 22/01/2020, durante visita do prefeito Marcus Melo à via, que faz a ligação do município com a rodovia Mogi-Salesópolis.

É um trabalho conjunto para que possamos analisar o projeto, definir as prioridades, os locais mais críticos e o que precisa ser feito. Vemos que a faixa sentido Biritiba-Mogi, que está mais perto do rio, é mais prejudicada. Queremos achar uma solução em conjunto”, destacou Marcus Melo.

O prefeito lembrou que a administração municipal já protocolou junto ao Governo Federal uma solicitação de recursos para a recuperação completa dos dois quilômetros da avenida, com investimento estimado de R$ 26 milhões. O projeto prevê a substituição da base da via, intervenções de drenagem, pavimentação, sinalização e iluminação.

Prefeito destacou a importância das discussões com a Associação de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos para buscar uma solução para a avenida. Foto: Ney Sarmento/PMMC

Estamos buscando estes recursos para que o problema seja resolvido como um todo. Mas como não temos ainda a previsão sobre a liberação, vamos discutir para dividir a solução em partes, que podem ser executadas com recursos da Prefeitura ou por meio de emendas parlamentares”, disse o prefeito.

Uma reunião entre representantes da AEAMC e os técnicos da Secretaria Municipal de Obras será agendada para dar início às discussões e análises.

Vamos levantar as partes mais prejudicadas, o que tem de mais grave e ver o que pode ser feito. A ideia é avaliar os locais que estão piores”, disse o presidente da entidade, Nelson Bettoi Batalha Neto, que esteve na visita ao lado do diretor Mauro Rossi.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes vem realizando ações que buscam a melhoria da avenida Engenheiro Miguel Gemma. A Secretaria Municipal de Transportes está revitalizando a sinalização horizontal da via, inclusive com uma nova pintura na ciclovia. Já a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos está fazendo a limpeza do local, com corte de mato.

Nesta quarta-feira, a empresa responsável pela iluminação pública na cidade inicia uma revisão no serviço existente na via. A avenida Engenheiro Miguel Gemma é uma das entradas e saídas da cidade que receberam iluminação de LED, com lâmpadas mais eficientes e econômicas.

Outro trabalho que é desenvolvido rotineiramente é a manutenção do asfalto, com a Operação Tapa-Buraco.

Também participaram da visita os vereadores José Francimário Vieira de Macedo, o Farofa, e Protássio Nogueira, além dos secretários municipais de Obras, Thiago Takeuchi de Oliveira, de Transportes, José Luiz Freire de Almeida, e de Serviços Urbanos, Dirceu Lorena de Meira.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Edital para Concurso Público em Mogi é divulgado

A Prefeitura de Mogi das Cruzes divulgou, nesta terça-feira, 21/01/2020, os editais do Concurso Público para vagas no serviço público da cidade. As provas serão feitas pelo Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp). As inscrições poderão ser feitas entre os dias 27 de janeiro e 27 de fevereiro, de forma online, por meio do site da Fundação Vunesp, que é o vunesp.com.br.

Confira neste link os editais

Ao todo, são 38 cargos, com opções para ensino fundamental, médio e superior. Os salários variam de R$ 1.642,97 a R$ 7.825,26. O número de vagas e as funções em que será disponibilizado o cadastro reserva constam dos editais.

As inscrições poderão ser feitas do dia 27 de janeiro até 27 de fevereiro, no site da Vunesp

Após o preenchimento de dados no site da Vunesp, o candidato deverá pagar uma taxa que varia de acordo com a vaga desejada. Se a vaga exigir apenas o ensino fundamental, o valor é de R$ 38,00. Para o ensino médio, o valor será de R$ 50,00. Já para vagas que exijam curso superior, a taxa de inscrição será de R$ 70,00. A efetivação da inscrição será concluída após a confirmação de pagamento do boleto bancário.

As datas das provas serão agendadas pela Vunesp. Para saber sobre horário, data e local do exame o candidato deverá consultar o site da fundação.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes