Arquivo do autor:Marco A. Mendes

Campeonato Paulista de Basquete 2014 – Rodada 7

Nesta quinta-feira (28/08/2014) foi realizada a segunda rodada do returno do Campeonato Paulista de Basquete 2014.

Pelo Grupo A, em partida disputada no Ginásio “Pedrocão”, na cidade de Franca, o Vivo/Franca Basquete venceu o Lins Basquete/P.M. Lins/SABAPA, por 76 a 59 (parciais: 16-19, 16-09, 28-14 e 16-17), indo para 11 pontos na competição. O cestinha da partida foi o francano Léo, com 22 pontos e 8 rebotes.

No Ginásio “Vô Lucatto”, em Limeira, o Winner/Limeira venceu o Palmeiras/Meltex, por 90 a 68 (parciais: 18-15, 18-18, 30-20 e 24-15), disparando na liderança do Grupo A, com 13 pontos. O alviverde Neto foi o cestinha da partida, com 26 pontos.

Ainda pelo Grupo A, no Ginásio “Panela de Pressão”, na cidade de Bauru, o Paschoalotto/Bauru venceu o Mogi das Cruzes/Helbor, por 76 a 72 (parciais: 15-20, 24-11, 15-16 e 22-25), continuando na segunda colocação, com 12 pontos. Os cestinhas do duelo foram o mogiano Lima e o bauruense Jeferson, ambos com 17 pontos cada.

Pelo Grupo B, no Ginásio Antonio Prado Junior, na capital paulista, o Paulistano/Unimed venceu o São José/Unimed, na prorrogação, por 122 a 110 (parciais: 23-21, 23-14, 24-24, 17-28 e 35-23), indo para 11 pontos no torneio. O cestinha do jogo foi Quezada, do águia, com 34 pontos e 6 assistências.

No Ginásio “Felipão”, na cidade de Rio Claro, o Pinheiros/Sky venceu o Rio Claro Basquete, fora de casa, por 89 a 73 (parciais: 22-23, 21-28, 30-13 e 16-09), se isolando ainda mais na liderança, com 13 pontos. O pinheirense Ted foi o cestinha do confronto, com 19 pontos e 3 assistências.

E finalizando a rodada, no Ginásio Gualberto Moreira, na cidade de Sorocaba, a Liga Sorocabana de Basquete venceu o Internacional/FUPES, por 81 a 72 (parciais: 21-20, 20-10, 15-15 e 25-27), indo para 10 pontos no campeonato. O cestinha do jogo foi Tarvi, da LSB, com 23 pontos e 5 rebotes.

Fonte: Federação Paulista de Basketball

Prefeitura inaugura a 2ª fase da canalização do Córrego dos Canudos neste sábado (30/08/2014)

As obras de canalização e urbanização do córrego dos Canudos e a pavimentação da Avenida Júlio Simões, em Braz Cubas, estão concluídas. A inauguração será feita neste sábado (30/08/2014), às 11h00. A obra contempla ainda uma praça com Academia da Terceira Idade (ATI), um campo para a prática de esportes, além de pista de caminhada, ciclovia e piso podotátil, em atendimento às normas de acessibilidade.

Canalização do Córrego dos Canudos

A região também está recebendo intervenções de saneamento básico, com implantação de redes de água e esgoto, além da construção de equipamentos urbanos. Foto: PMMC

Além da fase 2, estão em andamento as fases 3 e 4 das obras. A fase 3, que fica na altura da Vila Estação, está com cerca de 40% de conclusão, compreende um trecho de 1,7 quilômetros e consiste na regularização do córrego entre o rio Tietê e a linha férrea. O trabalho específico de concretagem do canal está 60% concluído e a previsão de conclusão é até o final deste ano. Já a fase 4, que teve início recentemente, contempla a construção da segunda pista da Avenida Júlio Simões, no mesmo trecho da fase 1, e deve estar concluída em maio de 2015.

Em todas as fases, as obras vêm aliadas à implantação de redes de coleta de esgoto, o que vai garantir, ao final de todo o trabalho, que a bacia do Canudos fique 100% livre do despejo de resíduos, uma vez que todo o material passará a ser encaminhado para tratamento. Isso representa um significativo acréscimo em saúde pública e qualidade de vida para as cerca de 70 mil pessoas que residem no entorno do córrego e estão sendo diretamente beneficiadas pelos trabalhos.

urbanização do Canudos

A fase 4 compreende a construção da segunda pista da Av. Júlio Simões, no trecho entre as avenidas Francisco Ferreira Lopes e Japão. Foto: PMMC

Além do aspecto estrutural, há também o estético, que está passando por uma grande transformação com as obras de canalização. Dentro dessa linha, o canteiro central da Avenida Júlio Simões, quase na esquina com a Avenida Japão, vai ganhar uma escultura, assinada pelo artista plástico Mauricio Chaer. Confeccionado em ferro, cimento e um posterior revestimento com pastilhas vidrotil coloridas, o monumento tem 10 metros de altura e representa uma flor, de título Amanhecer, em alusão ao nascimento de um novo bairro. “É uma singeleza em um bairro que também está amanhecendo”, declarou Chaer, que trabalha na conclusão da escultura.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Casa do Hip Hop será inaugurada nesta quinta (28/08/2014) e já tem inscrições para oficinas

Nesta quinta-feira (28/08/2014) a Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, inaugura a Casa do Hip Hop. Trata-se de um novo espaço de cultura da cidade, que foi concebido e será gerido em parceria direta com a Associação Mogiana de Hip Hop, entidade que representa, incentiva e organiza ações para o segmento. A casa, situada na Rua Coronel Cardoso de Siqueira nº. 48, no Centro, já abre ao público com uma programação de oficinas, cujas inscrições estão abertas.

Para abrigar as atividades do segmento do hip hop, a casa passou por uma reforma, custeada pela Prefeitura, com investimento aproximado de R$ 27 mil. O espaço ganhou piso novo, acessibilidade, espelhos, mobiliários e equipamentos de som. Novos equipamentos, como tenda na área externa, sistema multimídia e pickups para DJs também serão instalados em breve na casa, viabilizados por verba de emenda parlamentar, no valor de R$ 20 mil.

Todos os materiais empregados na reforma foram reaproveitados de itens que não tinham mais serventia. O secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori, destaca esse aspecto da sustentabilidade e fala também sobre a importância do novo espaço cultural.

casa-do-hip-hop-01

Inscrições já estão abertas para quatro oficinas. Foto: Guilherme Berti

A Associação Mogiana de Hip Hop levantou todas as necessidades, como piso liso, espelho, bebedouro, sistema de som, ventiladores, banheiro acessível e nós fizemos a obra conforme eles pediram. Todos os equipamentos de mobiliários foram reaproveitados e reformados de materiais inservíveis da Prefeitura, o que nos possibilitou um investimento baixo e um ótimo resultado. Esta vai ser a nova casa e o novo ponto de encontro das pessoas da cultura hip hop”, pontua.

Antes da reforma, o imóvel era utilizado como depósito de equipamentos e estava em estado de abandono. Revitalizá-lo, logo, também faz parte do projeto do prefeito Marco Bertaiolli, de renovação urbana da área central do município, movimentando espaços até então não utilizados e dando a eles uma nova vida, com ações culturais.

A Casa do Hip Hop ficará a total disposição de grupos mogianos do segmento do hip hop, para ensaios, treinos, palestras e reuniões. O espaço vai contar ainda com uma biblioteca, com aproximadamente 500 títulos, que vai reunir obras de arte gráfica, fotografia e até clássicos da literatura brasileira. “As batalhas de DJ, por exemplo, requerem um amplo vocabulário, portanto a leitura é uma prática importante para o público do hip hop”, acrescenta Sartori.

Veja a relação completa de oficinas e vagas

Um dos grandes focos do novo espaço será a realização de oficinas para capacitar e passar ensinamentos às pessoas envolvidas ou interessadas em linguagens da cultura hip hop. Já estão abertas as inscrições para oficinas de discotecagem (DJ), MC, B.Boy (danças urbanas) e Graffite, que terão início na próxima quarta-feira (03/09) e se estendem até 20 de dezembro.

A oficina de discotecagem é voltada para pessoas com idade a partir dos dez anos. São 40 vagas, distribuídas por duas turmas e as aulas serão comandadas pelo DJ Kriador. Já a oficina de MC será comandada pelo MC Acme, que é presidente da Associação Mogiana de Hip Hop e também possui 40 vagas. Ambas terão início na próxima quarta-feira (03/09).

A oficina de B.Boy (danças urbanas) ficará sob a batuta de Cadu Araújo, que é coreógrafo especializado neste segmento da dança. São 60 vagas, para pessoas com idade a partir de sete anos. A oficina de Graffite, por sua vez, será comandada por Kerrel Ribeiro, conhecido grafiteiro mogiano. Serão duas turmas, com capacidade para 15 alunos cada e voltadas para pessoas com 12 anos ou mais. Essas duas oficinas começam na próxima quinta-feira (04/09).

casa-do-hip-hop-02

O espaço foi concebido e será gerido em parceria direta com a Associação Mogiana de Hip Hop. Foto: Guilherme Berti

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pessoalmente na Secretaria Municipal de Cultura, que fica na Rua Coronel Souza Franco nº. 993, no Centro Histórico. Menores de 18 anos devem ir acompanhados por um responsável.

A solenidade de inauguração da Casa do Hip Hop vai acontecer às 19h00, no próprio local.

Arena MC Especial

Na sexta-feira da próxima semana (29/08), um dia após a inauguração da Casa do Hip Hop, haverá uma edição especial do projeto Arena MC, a partir das 19h30, na Praça Coronel Benedito de Almeida. O projeto tem ganhado força ao longo dos últimos anos como relevante manifestação popular de Mogi das Cruzes e atrai cada vez mais olhares e ouvidos, fomentando as linguagens do hip hop e as culturas de rua. Neste dia, em especial, haverá participação do MC Acme e do Grupo Nível de Cima, além de batalhas de MCs.

O Arena MC tem na bagagem ações em Jundiapeba, Conjunto Jefferson, Conjunto Toyama, Jardim Layr e Centro Histórico da cidade. Também marcou presença em fóruns setoriais de discussão, representando o segmento e incentivando a união das tribos culturais.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Mogi sediará partidas da Liga Sul-Americana de Basquete 2014

A Liga Sul-Americana 2014 vai começar em solo brasileiro. Na manhã desta segunda-feira (25/08/2014), a ABASU (Associação de Basquete da América do Sul) anunciou as sedes e os grupos da 19ª edição da competição continental e a cidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo, foi escolhida para abrigar as partidas da chave que dará início à competição.

Um dos três representantes do Brasil no torneio sul-americano, o Mogi das Cruzes/Helbor será o anfitrião do Grupo A e terá como rivais Libertad Sunchales (ARG), Malvín (URU) e La Salle/Tarija (BOL) entre os dias 30 de setembro e 02 de outubro ao lado de sua torcida, no Ginásio Professor Hugo Ramos.

Além do esquadrão mogiano, quarto colocado do último NBB, outras duas equipes brasileiras lutarão pelo título da Liga Sul-Americana 2014 e uma delas será o Winner/Limeira, que ficou com a sexta posição do NBB 6. Em sua primeira participação na história da competição, o time do interior paulista disputará o Grupo C, que será realizado entre os dias 14 e 16 de outubro, na capital uruguaia Montevidéu, e terá como adversários o Aguada (URU), Argentino de Junín (ARG) e Importadora Alvarado (ECU).

nbb2013-2014-oitavas-jogo3

O Mogi das Cruzes/Helbor será o anfitrião do Grupo A. Foto: Allan Conti/ Divulgação

Dono da quinta colocação da última temporada do NBB, o UniCEUB/BRB/Brasília será o outro representante nacional no campeonato e defenderá seu título na competição continental e fará parte do Grupo D, que acontecerá na cidade de Maturín, na Venezuela, entre os dias 21 e 23 de outubro. Os rivais do time candango serão o anfitrião Guacharos de Maturín (VEN), Defensor (URU) e Guerreros de Bogotá (COL).

Na única chave sem a presença de brasileiros, CKT (ECU), o tradicional Boca Juniors (ARG), Aduaneros de Valencia (VEN) e Club Tinguaririca (CHI) se enfrentarão na cidade de Ambato, no Equador, entre os dias 07 e 09 de outubro. A tabela de jogos será divulgada nas próximas semanas.

Assim como nos anos anteriores, a edição de 2014 da Liga Sul-Americana será disputada em três etapas. Na primeira delas, as equipes atuarão entre si dentro dos grupos e os dois melhores colocados de cada chave avançarão ao próximo estágio. Na segunda fase, as oito equipes classificadas serão dividas em dois grupos e os dois melhores de cada lado chegarão ao Final Four, que novamente será disputado em partidas de eliminatórias simples (semifinal e final).

Os jogos serão realizados em Mogi entre 30/09 e 02/10. Foto: Brito Júnior/Divulgação

A tabela de jogos da Liga Sul-Americana 2014 será divulgada nas próximas semanas pela ABASU. Quem vencer o torneio da América do Sul receberá o direito de participar da Liga das Américas 2015, que já tem três representantes brasileiros confirmados: o atual campeão Flamengo. Paulistano/Unimed e São José/Unimed, segundo e terceiro colocados do último NBB.

É um grande prazer para todos nós que fazemos parte da família de basquete sul-americano anunciar mais uma edição da Liga Sul-Americana. Teremos 16 clubes de alto nível que vão lutar pela glória máxima do basquete sul-americano e também por uma vaga na Liga das Américas 2015. Estamos confiantes de que este ano de 2014 será o melhor da história da competição e vai trazer uma festa para todos os amantes do nosso esporte”, disse Gerasime “Grego” Bosikis, presidente da ABASU.

Confira os grupos e as datas da Liga Sul-Americana 2014:

Grupo A (30/09 a 02/10): Mogi das Cruzes (Brasil)
Mogi das Cruzes/Helbor (BRA)
Libertad Sunchales (ARG)
Malvín (URU)
La Salle/Tarija (BOL)

Grupo B (07/10 a 09/10): Ambato (Equador)
CKT (ECU)
Boca Juniors (ARG)
Aduaneros de Valencia (VEN)
Club Tinguaririca (CHI)

Grupo C (14/10 a 16/10): Montevidéu (Uruguai)
Aguada (URU)
Winner/Limeira (BRA)
Argentino de Junín (ARG)
Importadora Alvarado (ECU)

Grupo D (21/10 a 23/10): Maturín (Venezuela)
Guacharos de Maturín (VEN)
UniCEUB/BRB/Brasília (BRA)
Defensor (URU)
Guerreros de Bogotá (COL)

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Iniciativa da EDP beneficia mais de 28 mil alunos do Alto Tietê

A partir desta semana (25/08/2014), escolas municipais e estaduais das cidades do Alto Tietê recebem a unidade móvel do projeto Boa Energia nas Escolas. Desenvolvido pela EDP, o laboratório sobre rodas beneficiará mais de 28 mil alunos nos municípios de Suzano, Poá, Itaquaquecetuba, Ferraz de Vasconcelos e Mogi das Cruzes com atividades lúdicas sobre a utilização segura e consciente da energia elétrica.

Focado no incentivo à sustentabilidade e preservação do meio ambiente na comunidade escolar, o ‘Boa Energia nas Escolas’ trabalha inicialmente a capacitação de educadores – com cartilhas e materiais para o aprendizado em sala de aula – e também o contato prático e presencial dos alunos com temas estudados em classe por meio de uma carreta itinerante.

Carreta itinerante do projeto Boa Energia nas Escolas traz atividades sobre o uso eficiente e seguro da energia elétrica

Carreta itinerante do projeto ‘Boa Energia nas Escolas’ traz atividades sobre o uso eficiente e seguro da energia elétrica

A EDP enxerga as crianças como seres multiplicadores. Quando uma informação relevante sensibiliza o jovem, ele absorve e transmite a mudança para seus familiares”, explica o Diretor Geral da EDP Bandeirante, Michel Itkes. “É um ciclo que ultrapassa os muros da escola e impacta positivamente os envolvidos mediante a transformação de hábitos e comportamentos.”

Por dentro do caminhão

O caminhão da EDP permitirá às crianças a oportunidade de, por exemplo, entender melhor o consumo de energia dentro de casa. A partir de um painel interativo que mostra os principais equipamentos elétricos e seus respectivos níveis de consumo, é possível trabalhar a importância da utilização consciente da energia e reforçar atitudes simples para reduzir o consumo e, consequentemente, o valor da conta de luz.

Além do painel interativo, outras atividades estão presentes na carreta:

- Lousa interativa, jogos e atividades – comandada por um computador e um projetor multimídia, a lousa possibilita maior interatividade e atualização constante dos conteúdos e aplicativos;

- Bicicleta geradora de energia – o movimento do pedal da bicicleta transforma a energia mecânica em elétrica, gerando até 100 watts. Os próprios alunos pedalam e geram energia suficiente para ligar uma lâmpada;

- Arco voltaico/chispa – produz descarga e fagulha instantânea, simulando a energia em movimento;

- Pilha humana – quando as mãos são encostadas sobre uma placa de metal, fecha-se por meio do corpo um circuito eletrolítico capaz de gerar corrente elétrica. Os alunos fazem o teste para ver quem produz mais energia;

- Gerador de Van Der Graaf – o atrito é capaz de gerar eletricidade estática. Ao tocar no globo, faz arrepiar o cabelo.

Portal interativo

O projeto conta ainda com uma ferramenta educacional para o ensino sobre energia: um site totalmente interativo e lúdico. O portal tem como objetivo ampliar a divulgação do tema e conscientizar a respeito do consumo eficiente entre crianças e jovens. Para mais informações sobre o programa, acesse: boaenergianasescolas.com.br

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 301 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: