Arquivo do autor:Marco A. Mendes

Reunião de prefeitos em São Paulo aponta propostas para enfrentar a crise hídrica

O prefeito Marco Bertaiolli e o diretor-geral do Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae), Marcus Melo, participaram nesta quarta-feira (28/01/2015) pela manhã, em São Paulo, da reunião comandada pelo prefeito paulistano Fernando Haddad e pelo secretário estadual de Recursos Hídricos, Benedito Braga, com prefeitos de 30 municípios da Região Metropolitana de São Paulo. O encontro definiu um conjunto de propostas para o combate à crise hídrica: criação de um Plano de Contingência; aumento da comunicação com a população; formação de um Comitê de Crise e estudos sobre a implantação de multas aos cidadãos que desperdiçarem água em atos como lavagem de carros, calçadas ou quintais.

Foi uma reunião produtiva, na qual foram feitas recomendações a apresentadas propostas. Cada cidade mencionou as dificuldades que vem enfrentando na área de abastecimento. No caso específico de Mogi das Cruzes, estamos intensificando a campanha de conscientização da população, procurando aumentar o percentual de economia global para 30% neste verão. O Semae está com mais equipes de rua, trabalhando para combater os vazamentos com a maior agilidade possível”, afirmou o prefeito Marco Bertaiolli ao final do encontro.

crise-hidrica-foto

Prefeitos de 30 municípios da Região Metropolitana de São Paulo participaram da reunião. Foto: Ney Sarmento

A reunião desta quarta-feira definiu propostas e haverá um novo encontro com os prefeitos para dar continuidade ao debate. O Plano de Contingência foi um dos pontos apresentados e, no caso de Mogi, ele já existe e foi apresentado pelo Semae durante audiência na Câmara Municipal, em outubro do ano passado. O segundo item debatido entre os prefeitos é o aumento da comunicação com a população, tornando-a cada vez mais eficiente e eficaz. O objetivo desta ideia é fazer com que a população tenha mais informações sobre situação do abastecimento.

Outra recomendação debatida pelos prefeitos e apresentada na reunião desta quarta-feira foi a criação de um Comitê de Crise, formado pelos prefeitos da Região Metropolitana, pelos consórcios de municípios, além de representantes do Governo do Estado e da Sabesp. O quarto item discutido pelos prefeitos foi a possibilidade de aplicação de multas e penalidades aos cidadãos que utilizarem água tratada para ações como lavagem de calçadas, passeios públicos e carros – inclusive com a apresentação de um esboço de projeto de lei.

Seguindo as determinações do prefeito Bertaiolli, o Semae está intensificando o trabalho de comunicação com a população e principalmente as ações de combate aos vazamentos nas ruas, além de estimular os mogianos a economizarem água. A cidade já economizou 15% em dezembro de 2014, em comparação com o mesmo mês de 2013, e nosso desafio agora é aumentar este índice para 30%. Nossa prioridade é reduzir o consumo e, só em último caso, estudaremos a aplicação de penalidades aos cidadãos”, afirmou Marcus Melo.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

AACD inicia estudo para ampliação do atendimento na unidade mogiana

A Prefeitura de Mogi das Cruzes e a AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente estão elaborando um estudo para ampliar o atendimento na unidade mogiana. Na manhã de terça-feira (27/01/2015), o prefeito Marco Bertaiolli recebeu a visita da presidente da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), Regina Scripiliti Velloso, acompanhada do superintendente Valdecir Galvan, e da presidente voluntária da unidade mogiana, Onélia Miranda. O projeto deverá ficar pronto dentro de 30 dias.

No último mês de dezembro, a unidade mogiana da AACD atendeu 282 pacientes e realizou 1.261 procedimentos diversos, como sessões de Fisioterapia Solo, Fisioterapia Aquática, Terapia Ocupacional, Psicologia, Fonoaudiologia, Pedagogia, Serviço Social e Enfermagem. Destes totais, foram atendidos 161 pacientes de Mogi das Cruzes, o que corresponde a 57,09%, que realizaram 872 procedimentos diversos (69,16%).

visita-presidente-da-aacd

O prefeito Marco Bertaiolli recebeu a visita da presidente da AACD, Regina Scripiliti Velloso, acompanhada do superintendente Valdecir Galvan, e da presidente voluntária da unidade mogiana, Onélia Miranda. Foto: Ney Sarmento

A AACD é um equipamento que tem garantido reabilitação e qualidade de vida para diversos adultos e crianças da nossa cidade. Por isso, vamos trabalhar juntos para ampliarmos o atendimento em Mogi das Cruzes”, afirmou Bertaiolli, que recebeu a diretoria da AACD acompanhado do vice-prefeito José Antonio Cuco Pereira, do secretário municipal de Saúde, Marcello Delascio Cusatis, e do prefeito de Biritiba Mirim, Carlos Alberto Taino Júnior, que está entre as cidades do Alto Tietê beneficiadas pelo atendimento realizado na unidade mogiana.

Inaugurado em dezembro de 2011 no bairro do Rodeio, o Centro de Reabilitação atende crianças e adultos com deficiências físicas e trabalha para que esses pacientes possam atingir seu máximo potencial e evoluir além de suas limitações. “Essa reunião foi para garantir uma aproximação ainda maior com a Prefeitura de Mogi das Cruzes, entender a demanda existente na cidade e planejar novas ações de ampliação no atendimento”, afirmou a presidente da AACD.

A unidade mogiana da AACD foi construída com recursos da edição 2010 do Teleton, que escolheu Mogi das Cruzes graças a uma série de investimentos feitos pela Administração Municipal na inclusão de deficientes. Entre eles estão: frota de ônibus 100% adaptada para o transporte de cadeirantes; referência regional da Santa Casa de Misericórdia para a realização de cirurgias ortopédicas e o engajamento da Prefeitura em todo o processo, incluindo a doação da área de 5 mil metros quadrados.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Novo Basquete Brasil 2014/2015 – Rodada 18

“Pé na porta”. É assim que o Mogi das Cruzes/Helbor está atuando em seus compromissos fora de casa no NBB 7. No início da noite desta terça-feira (27/01/2015), a equipe do Alto do Tietê jogou longe de seus domínios pela quinta vez consecutiva e manteve seu ótimo momento no campeonato. Com o controle do placar desde o primeiro quarto, o time comandado pelo técnico Paco García venceu o Palmeiras/Meltex, pelo placar de 84 a 68, e somou o quinto triunfo seguido na maior competição de basquete do país.

Com a quinta vitória seguida como visitante – a oitava em nove partidas disputadas longe do Ginásio “Hugo Ramos” –, o esquadrão mogiano segue na quarta posição na tabela de classificação, agora com um total de 12 resultados positivos em 18 partidas disputadas. Por sua vez, o Palmeiras teve sua sequência de três vitórias quebrada e conheceu sua nona derrota também em 18 jogos realizados na temporada 2014/2015 do NBB.

Para sair vencedor no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, casa do Pinheiros/SKY (o Ginásio Palestra Itália está passando por pequenas reformas), Mogi contou com um bom jogo coletivo e cinco jogadores atingiram dígitos duplos na pontuação.

NBB 2014/2015

Tyrone, do Mogi. Foto: LNB

Atuando contra sua ex-equipe, o ala Tyrone Curnell foi o cestinha mogiano, com 19 pontos, seguido por Shamell e Paulão, com 13 e 11 pontos anotados, respectivamente. Outros que apareceram bem a favor do time vencedor foram Gerson e Jimmy, que saíram do banco de reservas e registraram 11 e dez pontos, respectivamente.

Prefiro assim (cinco jogadores com mais de dez pontos). O time está em um bom momento e está jogando muito bem. Soubemos controlar as situações adversas dentro da partida e conquistamos mais um grande resultado fora de casa. A equipe está engrenando e melhorando a cada jogo e espero que as coisas continuem assim”, exaltou o comandante mogiano Paco García.

Pelo lado do Palmeiras, o trabalho em equipe também imperou e quatro atletas fizeram dez ou mais pontos. O principal pontuador do time alviverde foi o ala/armador Neto, com 14 pontos, enquanto que Toyloy somou 11 pontos. Com dez pontos cada, o argentino Maxi Stanic e o ala/pivô Douglas Nunes completaram a lista de cestinhas palmeirenses na partida.

Não jogamos bem hoje. Fizemos apenas 68 pontos e deixamos eles fazerem praticamente a média que eles têm no campeonato. Nossa defesa foi muito ruim e isso complicou as coisas do outro lado da quadra, em nosso ataque. Agora temos que trabalhar para melhorar já para o próximo jogo”, disse Neto.

O jogo

O time do Alto do Tietê iniciou a partida explorando o jogo interno com Paulão e conseguiu largar em vantagem. Com cinco pontos de seu pivô titular, o esquadrão mogiano abriu cinco pontos de frente logo nos minutos iniciais do confronto (9 a 4). Sem se abalar com o bom começo dos rivais, o Palmeiras foi melhorando seu aproveitamento e, com destaque para Neto, empatou o jogo (12 a 12). Diante da rápida reação palmeirense, o técnico Paco García resolveu promover uma mudança por completo na equipe. Então, com uma formação totalmente composta por reservas, Mogi contou com boas jogadas de Jimmy e fechou o primeiro quarto em vantagem (20 a 17).

Ainda com um quinteto de suplentes em quadra, Mogi continuou imprimindo um bom ritmo dos dois lados da quadra e conseguiu ampliar a diferença no placar (28 a 20). Durante toda a segunda parcial, as duas equipes apresentaram muita irregularidade em seus ataques e não conseguiram deslanchar. Depois do bom começo, Mogi não manteve o mesmo desempenho e não teve forças para ampliar sua vantagem. Do outro lado, o Palmeiras também não se apresentou bem e não pôde reagir. Após pouca inspiração dos dois lados, o duelo se encaminhava para chegar ao intervalo com os mogianos seis pontos na frente (37 a 31). Mas em um lindo lance, Alexandre converteu um arremesso do meio da quadra no estouro do cronômetro e ampliou a margem de pontos a favor da equipe do Alto do Tietê para nove pontos: 40 a 31.

Logo no início do terceiro quarto, Mogi contou com um tiro de três pontos de Tyrone e abriu a maior vantagem do jogo até então (43 a 33). Diante do cenário adverso, o Palmeiras mais uma vez conseguiu se recuperar rapidamente, muito por conta de sua forte defesa. Enquanto isso, em seu ataque, a equipe da capital paulista contou com boas movimentações e emplacou uma sequência de 12 a 3 para cortar a diferença no placar para apenas um ponto (46 a 45). Porém a reação alviverde parou por aí. Contando com um bom jogo coletivo, a equipe mogiana voltou a deslanchar e partiu para o último período com nove pontos de frente (61 a 52).

Com cinco pontos seguidos de Tyrone, a vantagem mogiana pulou para 14 pontos (66 a 52) em pouco mais de um minuto jogado na parcial final. A arrancada deixou a equipe mogiana tranquila em vantagem, mas isso não fez os jogadores diminuírem o ritmo. Pelo contrário. Com muita energia na defesa, Mogi impôs muitas dificuldades para o Palmeiras pontuar e conseguiu dar a resposta em rápidos contra-ataques. No final do jogo, Tyrone ainda brindou o público com belas enterradas e garantiu de vez a importante vitória de sua equipe fora de casa.

Próxima Rodada:

29/01/2015 (quinta-feira) às 19h00
Pinheiros x Mogi das Cruzes
Poliesportivo Henrique Villaboim – São Paulo/SP

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Obras alteram intervalos da CPTM neste domingo (25/01/2015)

Neste domingo (25/01/2015), a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) prosseguirá com as obras de modernização em algumas das suas linhas. Confira a programação e antecipe sua viagem.

Todos os direitos reservados a CPTM

Veja como fica a operação em cada linha da região:

Linha 11-Coral [Luz – Guaianazes]: Domingo (25/01), das 4h00 até meia-noite, o intervalo médio será de 15 minutos, em razão das obras em andamento no trecho da extensão [Guaianazes – Estudantes].

Linha 11-Coral [Guaianazes – Estudantes]: Domingo, das 4h00 até meia-noite, a circulação ficará interrompida entre as estações Guaianazes e Jundiapeba, devido as intervenções no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente, além das obras das estações que estão sendo reconstruídas.

Para atender aos usuários, serão disponibilizados ônibus de conexão entre Guaianazes e Jundiapeba, com parada nas estações Antônio Gianetti, Calmon Viana e Suzano para embarque e desembarque. As senhas para utilização dos ônibus de conexão deverão ser retiradas nas estações. O intervalo médio será de 15 minutos no trecho entre Jundiapeba e Estudantes.

Linha 12-Safira [Brás – Calmon Viana]: Domingo, das 4h00 até meia-noite, serão realizados serviços no sistema de rede aérea no trecho entre as estações USP Leste e Comendador Ermelino. O intervalo médio na linha será de 25 minutos.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição a Central de Atendimento ao Usuário, no telefone 0800-0550121.

Fonte: CPTM

Novo Basquete Brasil 2014/2015 – Rodada 17

O Mogi das Cruzes/Helbor chegou ao G-4 do NBB 7. Na manhã desta sexta-feira (23/01/2015), o time do técnico espanhol Paco García superou o Minas Tênis Clube, em plena Arena Minas, na cidade Belo Horizonte (MG), pelo placar de 76 a 66, chegou ao seu quarto triunfo consecutivo fora de casa e adentrou ao grupo dos quatro primeiros colocados que vão direto para as quartas de final ao ultrapassar os próprios minastenistas na classificação.

Depois de perder três jogos seguidos diante de seu torcedor no “caldeirão” Hugo Ramos, a equipe mogiana iniciou uma maratona de seis partida longe de casa e até agora está com quatro vitórias nos quatro duelos que fez, contra Basquete Cearense, Brasília, Uberlândia e Minas, sequência esta que os jogou da oitava para a quarta colocação, agora com campanha de 11 êxitos em 17 oportunidades (64,7% de aproveitamento), a mesma do Minas, que perde no desempate pelo saldo nos confrontos diretos.

O atual vice-campeão sul-americano,  por sua vez, tem se mostrado um visitante bastante indigesto nesta sétima edição do NBB. Das 11 vitórias que conquistou até aqui, sete delas foram alcançadas em oito partidas disputadas fora de casa (87,5% de aproveitamento), com apenas uma derrota jogando ginásio adversário em todo campeonato, somente para o líder Winner/Limeira, no “Vô Lucato”, pelo placar de 82 a 72.

NBB 2014/2015

Paco García, técnico do Mogi. Foto: João Pires/ LNB

Foi uma vitória muito importante, principalmente por ter sido contra um adversário que estava à nossa frente. Para mim o Minas foi uma das melhores equipes do primeiro turno ou o melhor basquete jogado. Tenho um respeito enorme pelo Demétrius (técnico do Minas), que sem dúvidas é um dos melhores técnicos do NBB. Viemos aqui com muito respeito esse jogo, por isso é uma vitória de muito valor, que mostra que ainda podemos brigar pela quarta vaga. Fizemos uma boa marcação, jogamos sério e a vitória é produto do trabalho sempre”, disse o técnico mogiano Paco García.

Tivemos um momento importante no terceiro quarto, quando o Minas reduziu a diferença para um ponto e nós mantivemos a cabeça fria, fizemos duas cestas seguidas e abrimos cinco pontos, o que nos possibilitou que nós jogássemos com tranquilidade no final. Parabéns para meus jogadores, que conseguiram a quarta vitória seguida longe de Mogi, jogando com mais tranquilidade e sem tanta pressão de jogar em casa. Foi uma vitória muito linda para nós”, declarou o comandante do Mogi das Cruzes.

Com quatro vitórias nas quatro últimas partidas que fez, todas fora de casa, o Mogi dará sequência a sua maratona de partidas fora de casa e agora parte para a capital paulista, onde enfrentará o Palmeiras/Meltex, na terça-feira (27/01), no ginásio do E.C. Pinheiros, às 17h00, e o Pinheiros/SKY, na quinta-feira (29/01), no mesmo local, às 19h00.

O jogo

O primeiro quarto foi de disputa intensa pelo resultado, contendo diversas alternâncias de placar. Em meio a um duelo truncado, as duas equipes não acertaram a mão nas bolas de 3 pontos e optaram mais pelo jogo interno. Com boa entrada do ala Guilherme Filipin, o Mogi das Cruzes abriu quatro pontos de frente (15 a 11) e venceu a parcial inicial, pelo placar de  18 a 17.

Os mogianos seguiram firmes na ponta do marcador e contaram com boa participação de seus norte-americanos Tyrone e Shamell, ambos com sete pontos em sete tentados – 100% de aproveitamento – para abrirem dez pontos logo no início do segundo período (32 a 22). Vindo bem do banco de reservas, o jovem ala minastenista Bruno Irigoyen bem que tentou colocar os donos da casa no jogo de novo, mas seus sete pontos não foram suficientes para brecar o bom ritmo dos paulistas, que voltaram a abrir dez pontos de vantagem (39 a 29) e foram para os vestiários com oito tentos de frente: 41 a 33.

Na volta do intervalo o confronto voltou a fluir bem e ficou completamente aberto. Zerado na partida até então, o ala norte-americano Robby Collum colocou a mão na forma, acertou quatro bolas de 3 pontos e, com 14 pontos, comandou a reação do Minas, que com defesa forte, baixou a diferença para apenas um ponto (56 a 55). Do lado do Mogi, outro gringo também estava impossível: Shamell, que anotou pontos seguidos, também 14 no período e jogou um balde de água fria na pressão dos donos da casa, que viram os paulistas se distanciarem e fecharem o terceiro quarto vencendo por sete pontos: 62 a 55.

Ao fazer os quatro primeiros pontos da parcial final, os comandados do técnico Paco García abriram 11 pontos de frente e ficaram um pouco mais confortáveis na partida (66 a 55). Com jogo bastante truncado e amarrado, as duas equipes tiveram dificuldades em pontuar, mas o Mogi conseguiu segurar a boa vantagem e cravar seu quarto resultado positivo consecutivo fora de casa: 76 a 66.

Próxima Rodada:

27/01/2015 (terça-feira) às 17h00
Palmeiras x Mogi das Cruzes
Poliesportivo Henrique Villaboim – São Paulo/SP

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 295 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: