Arquivo do autor:Marco A. Mendes

Cinema de Mogi, enfim, é reaberto

Agora é oficial: após 1 ano, 7 meses e 19 dias, Mogi das Cruzes volta a ter cinema. A abertura aconteceu na tarde deste sábado (04/07/2015), sem qualquer aviso prévio por parte do Mogi Shopping ou da rede Cinemark.

Mogi Shopping

Imagem: Reprodução/ Internet

De acordo com o centro de compras, são 7 salas All Stadium (arquibancada com diferentes níveis entre cada fileira) e poltronas Love Seat (braço retrátil). Ainda não há informação sobre a programação e o valor dos ingressos.

Histórico

Em novembro de 2013, a rede Centerplex Cinemas, que operava as quatro salas do cinema de Mogi, anunciava o encerramento momentâneo de suas atividades, para a construção de um novo e moderno complexo, com 7 salas.

Após o descumprimento do prazo de entrega (abril de 2014), o shopping ingressou com uma ação de despejo contra a Centerplex, em maio de 2014.

O acordo com a rede Cinemark foi anunciado meses depois, no dia 08/07/2014. A promessa inicial era que o novo complexo fosse inaugurado no final de 2014, porém, as readequações do projeto retardaram a reabertura.

Obras alteram intervalos da CPTM neste domingo (05/07/2015)

Neste domingo (05/07/2015), a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) prosseguirá com as obras de modernização em suas linhas. Confira a programação e antecipe sua viagem.

Todos os direitos reservados a CPTM

Veja como fica a operação em cada linha da região:

Linha 11-Coral [Luz – Guaianazes]: Domingo (05/07), das 8h00 às 16h00, ocorrerão intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Luz e Brás. Das 4h00 à meia-noite, o intervalo médio será de 15 minutos entre as estações Luz e Guaianazes, devido às obras da nova Estação Suzano.

Linha 11-Coral [Guaianazes – Estudantes]: Domingo (05/07), das 4h00 à meia-noite, em razão das obras de implantação da nova Estação Suzano, o intervalo médio será de 22 minutos entre as estações Guaianazes e Estudantes.

Linha 12-Safira [Brás – Calmon Viana]: Domingo (05/07), das 4h00 à meia-noite, a circulação ficará interrompida, em função dos serviços no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente. Para atender aos usuários, serão disponibilizados ônibus de conexão, que percorrerão os seguintes itinerários:

De Tatuapé a Itaim Paulista: os ônibus farão paradas intermediárias para embarque e desembarque nas estações USP Leste e São Miguel Paulista.

De Itaim Paulista a Poá: os ônibus farão paradas intermediárias para embarque e desembarque nas estações Itaquaquecetuba e Aracaré.

De Brás a Tatuapé: os usuários deverão utilizar os trens do Expresso Leste, na Linha 11-Coral.

As senhas para utilização dos ônibus deverão ser retiradas na área interna das estações.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição a Central de Atendimento ao Usuário, no telefone 0800-0550121.

Fonte: CPTM

Agenda Cultural: 03 a 05 de Julho/2015

Confira a Agenda Cultural deste fim de semana em Mogi das Cruzes:

03/07 – SEXTA-FEIRA

Das 10h00 às 16h00 (Praça Oswaldo Cruz)
Evento: Feira de Artesanato ‘Mogi feita à Mão’
GRATUITO :)
Recomendação: Livre
Além de atrações musicais do projeto Arte na Praça, cerca de 60 artesãos expõem seus trabalhos em madeira, tecido, fibras, contas e miçangas, biscuit, arames, papel, cosméticos, linhas e lãs, bambu, PVC, EVA, cabaça, entre outros materiais.

20h00 (Theatro Vasques)
Evento: Apresentação da ‘Orquestra de Choro de Mogi das Cruzes’
Festival de Inverno Serra do Itapety
Ingressos: GRATUITO :)
Recomendação: Livre
Duração: 60 minutos
Direção artística e regência: Paulo Henrique, PH

logo Festival de Inverno Serra do Itapety

04/07 – SÁBADO

10h00 (Parque Centenário)
Evento: City Tour ‘Mogi para os Mogianos’
Ingressos: R$ 5 (a primeira pessoa) e R$ 2,50 (as demais, até 3 acompanhantes)
Com o objetivo de estimular os mogianos a conhecerem a própria cidade, a Prefeitura de Mogi criou o city tour “Mogi para os Mogianos”. Composto por quatro roteiros – Rural, Religioso, Cultural e Ecoturismo, as saídas são sempre aos domingos, às 10h00, do Parque Centenário, que por si só já merece uma visita, e também aos sábados, durante todo o mês de julho.
O City Tour conta com ônibus preparado para receber o turista com todo o conforto e guias devidamente treinados para levar toda a família aos principais pontos turísticos da cidade.
Roteiro: Rural – Visita ao Orquidário Oriental e Mosteiro Beneditino Camaldolense, no bairro do Taboão.
Reservas: devem ser antecipadas e feitas no Centro de Informações Turísticas, no Parque Centenário
Informações: (11) 4726-9920

Das 10h00 às 16h00 (Praça Oswaldo Cruz)
Evento: Feira de Artesanato ‘Mogi feita à Mão’
GRATUITO :)
Recomendação: Livre
Além de atrações musicais do projeto Arte na Praça, cerca de 60 artesãos expõem seus trabalhos em madeira, tecido, fibras, contas e miçangas, biscuit, arames, papel, cosméticos, linhas e lãs, bambu, PVC, EVA, cabaça, entre outros materiais.

19h30 (Theatro Vasques)
Evento: Apresentação do Grupo de Cordas da Orquestra Minha Terra Mogi
Festival de Inverno Serra do Itapety
Ingressos: GRATUITO :)
Recomendação: Livre
Duração: Não Informada

05/07 – DOMINGO

Das 9h00 às 17h00 (Casarão do Chá)
Evento: Feira de Artesanato / Exposição ‘Inspirações’, da artista plástica Ana Rafful
GRATUITO :)
Recomendação: Livre
Artesanatos, comidas (lanche de pernil, pernil de porco assado no rolete, espetinhos de carne e de frango, comida árabe, galinhada, paella, entre outros) e produtos típicos.
A exposição sediada pelo Casarão do Chá contará com 35 trabalhos entre desenhos aquarelas e ilustrações da artista plástica Ana Rafful, 60 trabalhos do Urban Sketchers São Paulo e a participação com 11 trabalhos das artistas plásticas Marion Th. Bremaud Boumans, Marion Rivolier, Tula Moraes et Brigitte Lannaud Levy, de Paris, que enviaram suas obras especialmente para o evento. Estará aberta ao público todos os domingos, até o dia 26 de Julho.

Casarão do Chá. Foto: Guilherme Berti

Casarão do Chá. Foto: Guilherme Berti

9h30 (Igreja Imaculada Conceição – Vila Moraes)
Evento: Apresentação do Quarteto de Cordas da Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi das Cruzes
Festival de Inverno Serra do Itapety
Ingressos: GRATUITO :)
Recomendação: Livre
Duração: Não Informada

10h00 (Parque Centenário)
Evento: City Tour ‘Mogi para os Mogianos’
Ingressos: R$ 5 (a primeira pessoa) e R$ 2,50 (as demais, até 3 acompanhantes)
Com o objetivo de estimular os mogianos a conhecerem a própria cidade, a Prefeitura de Mogi criou o city tour “Mogi para os Mogianos”. Composto por quatro roteiros – Rural, Religioso, Cultural e Ecoturismo, as saídas são sempre aos domingos, às 10h00, do Parque Centenário, que por si só já merece uma visita.
O City Tour conta com ônibus preparado para receber o turista com todo o conforto e guias devidamente treinados para levar toda a família aos principais pontos turísticos da cidade.
Roteiro: Rural – Visita ao Sítio Matsuo.
Reservas: devem ser antecipadas e feitas no Centro de Informações Turísticas, no Parque Centenário
Informações: (11) 4726-9920

14h00 (Parque Centenário)
Evento: Apresentação do sarau ‘Shakespeare de Lembrança’
Festival de Inverno Serra do Itapety
Ingressos: GRATUITO :)
Recomendação: Livre
Duração: Não Informada
Neste sarau, os atores interpretam cenas de famosas peças do autor, como “Romeu e Julieta”, “Hamlet”, “Macbeth” e “Sonho de uma noite de verão”. Tocam músicas da época de Shakespeare, algumas até escritas por ele, como “Tomorrow is Saint Valentine’s Day”, e ainda outras inspiradas nas canções daquele tempo. Declamam preciosos poemas e presenteiam o público com famosos monólogos como “Ser ou não ser”, de Hamlet, “Somos feitos da mesma matéria que os sonhos” de Próspero, em “A Tempestade”, “Amanhã, amanhã e outro amanhã…”, de Macbeth – e tantos outros, tudo com clareza e constante relação com o público.

ACONTECE EM MOGI:

Street Chef Food Park (02 a 05/07)
O ‘Street Chef Food Park’ volta a Mogi trazendo o melhor das comidas gourmet para a cidade a preços populares entre R$ 10 e R$ 25.

Curtas (01/07/2015)

Centro Paula Souza lança plataforma online para ensino a distância

O Centro Paula Souza está com uma nova ferramenta gratuita de ensino a distância voltada a aprimorar o conhecimento da população sobre temas ligados ao exercício profissional. Trata-se de uma plataforma Mooc (Massive Open On-line Course – sigla em inglês para Curso On-line Aberto e Massivo) que oferece cursos livres com duração média de 30 horas, por meio do site mooc.cpscetec.com.br.

Os primeiros cursos disponíveis abordam recursos de desenho no AutoCad e técnicas de comportamento em entrevista, apresentação e elaboração de currículo para inserção no Mercado de Trabalho. Qualquer pessoa interessada pode se matricular, basta acessar a plataforma e se cadastrar com login e senha.

Os cursos são dinâmicos, com várias leituras, reflexões, vídeos, jogos, avaliações e exercícios. A plataforma funciona via browser em computador conectado à internet. Há duas opções de aprendizagem: com certificação ou sem emissão de certificado.

Ceagesp em Mogi?

Os vereadores defenderam que seja trazida para Mogi a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), que hoje funciona na Vila Leopoldina, na Capital. Embora a vinda da unidade, na iminência de deixar seu atual endereço, seja uma reivindicação antiga, a possibilidade de Suzano pleitear o mesmo motivou as discussões dos vereadores.

Suzano já está na briga pela Ceagesp. Nossa Comissão de Indústria e comércio precisa entrar logo nesta briga. Quem chega na frente bebe a água limpa. Mogi é região privilegiada, com Ayrton Senna,  a Rodovia Presidente Dutra. Não é desmerecendo Suzano, mas não podemos ficar de fora. Precisamos entrar para ganhar”, disse o vereador Protássio Nogueira.

CEAGESP

Situado na zona oeste da capital paulista, pelo local circulam diariamente cerca de 50 mil pessoas e 12 mil veículos.

Iduigues Martins foi outro a defender a proposta. “A Ceagesp aqui proporcionaria empregos, além de mais de R$ 7 bilhões por ano de arrecadação. Mogi produz várias hortaliças, é campeã em cogumelo, de orquídeas, entre outras modalidades”.

Para Protássio, os mogianos precisam primeiro obter uma área para oferecer à ministra da Agricultura, Kátia Abreu. “O primeiro passo é conseguir uma área”.

Mauro Araújo foi outro a discutir o tema. “Transformaria nossa cidade como o aeroporto mudou Guarulhos. Não adianta soltar fogos de artifícios. Já temos as comissões. Ela [Kátia Abreu] é do meu partido, vou tentar agendar”.

EDP alerta sobre o risco de pipas e balões na rede elétrica

Com as férias escolares e as festas juninas e julinas, a soltura de pipas e balões se torna mais presente. A EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, alerta sobre os riscos e proibições que devem ser levados em conta na hora da diversão.

Soltar pipas nessa época do ano motiva muito à garotada. Além do período de férias, a estação do ano proporciona muito vento, o que torna a experiência mais divertida. Somam-se a isso os festejos e as quermesses da época, e a brincadeira merece atenção redobrada para que a diversão aconteça de forma segura e não ocasione acidentes e interrupções na rede de energia elétrica.

No ranking de municípios do Alto Tietê com maior número de clientes prejudicados por queda de energia provocada pelo contato de pipas com a rede em 2014, Mogi das Cruzes lidera com mais de 100 mil residências, seguido por Itaquaquecetuba e Suzano, com 88 mil e 66 mil unidades consumidoras, respectivamente. Do total, 83% dos casos ocorreram durante as férias e festejos de São João.

No ano passado, a região do Alto Tietê registrou 3 mil casos, e mais de 340 mil clientes ficaram sem energia em algum momento por interrupções causadas por incidentes com pipas e balões. Na maioria dos casos, equipes da Distribuidora foram deslocadas para fazer a limpeza da fiação e restabelecer o fornecimento da energia interrompida por danos na rede elétrica.

pipas e balões na rede elétrica

E, para alertar a população sobre os perigos de empinar pipas e soltar balões, a EDP informa:

  • Alguns materiais utilizados na confecção de pipas são condutores de energia e aumentam o perigo quando em contato com a rede elétrica. Rabiolas feitas de fita VHS ou cassetes são alguns exemplos.
  • O uso de cerol (pó de vidro com cola) é proibido e pode acarretar em pagamento de multa pelo responsável;
  • O cerol é um risco para motociclistas e pedestres e também oferece perigo no contato com a rede de energia. Ao cortar a camada protetora da fiação, a linha interrompe a transferência de corrente elétrica, podendo provocar curto-circuito;
  • Arremessar objetos na rede elétrica para o resgate da pipa pode causar graves acidentes. O “lança-gato” (pedra presa a uma linha) ou qualquer outro item condutor de energia não devem ser lançados sob a rede;
  • Empinar pipas em locais como lajes e muros deve ser evitado. A proximidade com a rede elétrica aumenta o risco de acidentes;
  • É expressamente proibido invadir as subestações da EDP para recuperar pipas e balões. Esses locais são energizados, e somente pessoas autorizadas podem entrar nas estações.
  • A prática de soltar balão é crime previsto no Código Penal e na Lei de Crimes Ambientais. Fabricar, vender, transportar ou soltar balões gera reclusão de um a três anos, multa, ou ambas as penas;
  • Se o balão cair sobre uma subestação, os danos poderão ser de grande proporção, tendo como consequência a interrupção de energia para um grande número de clientes;
  • Um acidente causado por descarga elétrica pode deixar sequelas como queimaduras e, em casos mais extremos, causar a morte.

Vale lembrar que, em caso de qualquer anormalidade na rede da distribuidora, os consumidores devem entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente, por meio do 0800 721 0123, que funciona 24 horas e com ligação gratuita.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 303 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: